O empedramento ou ingurgitamento mamário ocorre quando algum leito ficou parado na mama. Pode ocorrer em qualquer fase da amamentação, sendo mais comum entre o terceiro e quinto dia após o parto. As mamas ficam doloridas, cheias, duras e, às vezes, avermelhadas, podendo haver febre. Os mamilos ficam achatados o que dificulta a “pega” do bebê e amamentar fica mais difícil.

A melhor forma de evitar o empedramento do leite é a mamada por livre demanda (na hora em que o bebê quiser, sem horário predefinido). Veja alguns cuidados necessários:

• Recomenda-se que a mulher retire um pouco de leite com as mãos antes de oferecer a mama ao bebê. A auréola ficará mais macia, facilitando a pega correta.
• Massagear as mamas com movimentos circulares, principalmente nas regiões mais afetadas. Além de facilitar a retirada do leite também estimula a produção.
• Aplicar compressas frias, logo após ou entre as mamadas, por aproximadamente vinte minutos.
• O uso de um analgésico oral pode aliviar a dor e aliviar a inflamação, fazendo com que a amamentação não seja tão dolorida. Mas a indicação deve ser feita pelo médico que irá verificar o tipo de medicamento e a dosagem.
• Verifique se a pega está correta, para que o bebê consiga efetivamente esvaziar a mama.
• Lembre-se de deixar o bebê mamando no tempo que ele quiser e quando ele quiser.
• Não deixe que passe muitas horas até a próxima mamada. Caso seu bebê durma muito, verifique se as mamas estão muito cheias e se há necessidade de ordenhar um pouquinho.
• O uso da Concha Antiempedramento Amamente auxilia a evitar o empedramento das mamas. Possui um reservatório para armazenar o excesso de leite. Protege os mamilos sensíveis do atrito com o sutiã, aliviando e facilitando sua cicatrização, além de evitar que a mama fique muito cheia e dolorida. O uso frequente da concha ajuda a manter o bico do seio com formato adequado para uma “pega” melhor do bebê. Saiba mais em: http://www.amamente.com.br/concha-antiempedramento/

#EmpedramentodasMamas #Amamentação #Amamente #LeiteEmpedrado

Atualizado em 19/06/2017

Sem comentário