Muitas mães se preocupam com a amamentação ao retornar ao trabalho, mas nós da Amamente iremos ajudá-las com algumas dicas e orientações.

É bom lembrar, que a lei brasileira, concede até os 6 meses de idade, dois intervalos de meia hora cada para as mamadas durante a jornada de trabalho. Se você mora perto do trabalho ou se seu filho está em uma creche próxima, talvez você consiga sair para amamentar (pode também juntar os dois intervalos e dar uma fugida de uma hora). Caso você não consiga usar os intervalos, tente negociar com o seu empregador para diminuir o expediente em uma hora, até o bebê fazer 6 meses.

Mas, se você não consegue nenhuma dessas opções, é necessário manter sua produção de leite fazendo a ordenha manual ou utilizando uma bombinha de boa qualidade para a retirada do leite, de uma ou duas vezes durante o expediente. Você deverá guardar bem o leite extraído, em geladeira, para que possa ser dado ao bebê no dia seguinte. Se não houver geladeira ou lugar adequado, você pode aproveitar os intervalos mesmo assim, tirando o leite, uma vez ao longo do expediente, mesmo que seja para jogá-lo fora. A vantagem é que você mantém a produção, ou seja, seu leite não diminui de quantidade por você estar amamentando menos. De qualquer jeito, quando estiver em casa, você pode continuar amamentando normalmente.

Se não puder ou não quiser tirar o leite no trabalho, você pode deixar para amamentar pela manhã antes de sair de casa e ao voltar, no final do dia. Vale lembrar que sua produção vai diminuir, e que o leite que seu corpo produz talvez não seja suficiente para satisfazer o bebê.

As vantagens de manter a amamentação com o leite materno são fundamentais para uma vida saudável do seu filho, além de evitar as alergias e protegê-lo contra doenças. E mais, tirar o leite pode diminuir o risco de você ter mastite.

Lembre-se sempre de tomar muito líquido como água, sucos e sopas. A recomendação é de 3 a 4 litros por dia.

É importante que no trabalho você tenha uma salinha onde possa ficar à vontade para amamentar ou fazer a ordenha. O banheiro é um ambiente sujeito a contaminações e não é indicado.

Outra dica é você levar uma sacola térmica para transportar no caminho para casa o leite que foi retirado e mantido na geladeira. Lembre-se que os vidros utilizados para armazenagem devem ser esterilizados em casa. O leite materno pode ser guardado na geladeira por 24 horas ou no freezer por 15 dias. Deve colocar-se no frasco etiquetas com a data do dia em que se retirou o leite, para usar primeiro os frascos que estão guardados à mais tempo.

Após os 6 meses de idade, o pediatra irá ajudá-la, além da amamentação, a montar um cardápio com outros alimentos, incluindo frutas e papas.

#Maternidade #Amamentação

Atualizado em 10/02/2017

Sem comentário